Eu

Se de alguma forma fosse possivel

Que tudo que faço fosse tudo que quero

Não teria eu mais minha característica própria

Se eu tivesse a coragem de não mais me acovardar

Não sobreviveria em mim nenhum mero traço de poesia

Não mais seria o que sou

Pois meus desejos fazem com que eu seja humano

Minhas frustrações me permitem ser poeta

Anúncios

~ por obarqueiro em dezembro 17, 2011.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: