O céu de hoje.

Talvez hoje seja apenas mais um daqueles dias.

Olhando pro céu,
olhando pela janela,
com olhos, humanos.

Mais um apenas daqueles dias, ingratos.
quando os fantasmas da névoa se arrastam pela rua,
e nós nos pedimos que inventemos algo, algo contra esses fantamas.
contra nós mesmos.

Há!
lembrei que dia é hoje.
Dia de ser relógio.
Dia de contar suas próprias batidas,
seu próprio tempo.

Mas, talvez hoje seja apenas mais um daqueles dias.
Mónotonos.
Meiósimos.
Osmóticos.
Lucínogos.

E que seja!
que seja apenas mais um daqueles dias.

Dias de morte,
Morte mental.

A janela te revela o céu que não vês.
Esse a janela te inventa.

Anúncios

~ por Morte. em novembro 10, 2011.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: