Insônia

Eu, mais uma vez na frente do espelho, me pergunto: o que preciso ver?

Já faziam três noites, cada hora era uma eternidade, as bolsas nos meus olhos já insaciáveis sugavam minha existencia e me deixavam mais a mercê do mundo quanto imaginei.

Mais a mercê de meu próprio mundo, como um peregrino descalço, saciava-me com minha dor!

Criava pesadelos apenas para não ir dormir, desvendava os mistérios mais pálidos da noite ao invéz isso apenas me matava mais, cada dia mais clara eu via no espelho a fria lâmina da morte!

Anúncios

~ por Cirurgião em junho 7, 2011.

Uma resposta to “Insônia”

  1. Gostei ^^ C.da moRTe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: