PoetétudocuzãoHAHAHAdivagarei

Um mago me disse num delírio:
“Quem vem fácil, vai fácil”

Sabia que ele sabia
E sei o que vai acontecer
Li nas pedras da Babilônia

Nem precisa do hebraico para isso
Basta ler as ruínas
as ruínas…

O sol veio, novidade
E pontilho sua rota
Mapa da luz
Que vai, e deixa saudades

Um mago me disse num delírio:
“Quem vem fácil, vai fácil”

E a Virgem Maria foi passear
Comprou uns cigarros
Me esqueceu na banheira
“Quem vem fácil, vai fácil”

Vim fácil, para mim
Mas tem sido difícil ir

Até os livros erram.
Pois suas orelhas não ouvem

Livros são babacas
Só falam e suas orelhas não ouvem

Livros são ignorantes
Só são o que tem, e não o que fazem

Anúncios

~ por Cirurgião em março 30, 2011.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: