A troca não foi justa

A folha se moldou em forma de pombo

Ela batia as asas

Não Podia voar

Pois ainda era folha.

 

A folha virou um pombo de verdade

Agora ela batia as asas

E podia voar

Pois nao era mais folha

 

A pomba voou até a floresta de papel

A floresta de papel foi queimada

Ela então Voou até o inderno

Fez um pacto com Lúcifer

 

A floresta brotou novamente

E, após isso, Virou uma floresta de verdade

A floresta foi queimada

A troca não foi justa

 

A pomba nao tinha mais alma

A pomba não tinha mais floresta

Era melhor ser papel

Mas, Agora, Só tinha uma triste vida.

Anúncios

~ por Cirurgião em março 12, 2011.

Uma resposta to “A troca não foi justa”

  1. Meu, eu adoro esses poemas que são tipo uma historinha em sequência, com transformações, jogo de palavras, personagens, sei lá, eu curto muito esses, e parabéns ^^

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: