Morte.

Perdia Vidas em mim,

 

Perdia ,

 

 

 

 

Loucuras.

 

 

 

 

E as aves, com seu cantarolante

 

Grito histérico de morte,

 

 

De  Loucura!

 

 

 

Como mal acredito nessa minha vida incidente,

 

Nessa minha juventude,

 

Que grita,

 

Que esperneia,

 

Pela morte, Pela loucura.

 

 

Como mal acredito que,

 

Perco vidas na palma,

 

De minha,

 

Mão.

 

 

Pois mais menos posso esperar.

 

Em perder sua loucura.

 

Em perder sua loucura mais profunda,

 

Em perder sua alma em algum lugar,

 

De mim mesma,

 

 

 

De Minha Morte.

Anúncios

~ por Cirurgião em março 4, 2011.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: