Estou de quatro
Caminhando num deserto
Meus pais não sabem aonde estou
Mas confiam que seja na escola

Vou queimar minha vida
Como brasa de cigarro
Estou com vergonha dos amigos
Vergonha de mim

Conheci meu futuro
Numa praçinha

Imagino que não saiba o quero dizer
Espero que nunca saiba o que quero dizer
Não desejo isso nem para meus inimigos.
Entender, ha

Anúncios

~ por Cirurgião em fevereiro 25, 2011.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: