O bem castanho

O que terá de ser?
A exacerbada sociedade
Quer me retirar o bem precioso
Mas eu não me enquadro
Eu não me desfaço

O que queres sociedade?
Que tal me dar um remédio
Ou então algumas pílulas
Assim me absorvo em seu quadrado sujo

Imundos
Porcos
Capitalistas

Eu não me disfazerei
É um bem precioso
Só porque eles querem
Eu não me disfazerei
Do meu tesouro
Em vários tons claros

Sujos
Porcos
Capitalistas

Querem que eu me desfaça
Dêem-me o que eu quero
Como sei que não vão dar
Não me disfazerei!

Anúncios

~ por Cirurgião em janeiro 3, 2011.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: