Sussurros

Sussurros antigos despertam meu medo
Brincam novamente com a tortura
Na cabeça as profecias se concretizam

Um velho ator desalmado
Mata á facadas brutais os
Poucos vestígios de realidade
Abre suas assas para a insanidade

Calculadamente vigiada
Ela labuta com suas veias
Sobre elas desliza sua mão
Precisa aprender a amá-las

As crianças permanecem inocentes ?
A inveja que nos humilha faz mal?
Para que temer o inferno
Se ele caminha ao nosso lado

Viajo de volta pro nunca
Apenas lá consigo existir
No escuro escondo meu medo
Os sussurros falam por mim

Anúncios

~ por Cirurgião em dezembro 31, 2010.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: