Experimento mental número dois

Dessa vez ao som de Antonio Carlos Jobim e Vinícius peço que ouçam enquanto leêm meu poema!

Escreve para não chorar

Escreve, escreve e escreve
Contemple palavras graciosas
Aplique palavras esbeltas
Escreve homem, escreve

Escreva para não chorar
Desate seus sentimentos
Esqueça a tristeza
Escreva para não chorar

Distante do mundo
Escrevendo para ele
Telvez inexistente
Escreve, escreve, escreve

Ouse, aventure-se
Escreve, escreve, escreve mais
Escreve, escreve
Para não chorar

Infelizmente o poema não adiantou, ao fim dele tinha umas lágrimas caindo pelo meu rosto!

Anúncios

~ por Cirurgião em dezembro 30, 2010.

Uma resposta to “Experimento mental número dois”

  1. Pode não ser meu melhor poema, mas é o mais verdadeiro!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: